We are proud to release in this market the first lines of fragrances Buibere for Her and Maubere for Him. Together with glass handcrafted gifts perfect for Christmas.
BEM VINDO E OBRIGADO PELA VISITA!

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Apostar na Educação é fortalecer a Esperança de uma Nação

U.N. Secretary-General Ban Ki-moon
Apostar na Educação  é fortalecer a Esperança de uma Nação - "Apostar na educação leva a uma maior participação e maior motivação para o desenvolvimento mais rico e intelectual do Pais."


"Saber é Poder é proveniente de um Filosofo Ingles "Francis Bacon", a sua percepção ja vem de longa data, pelo que consta IV Seculos. 


A educação na sociedade é um pré-requisito elementar para o desenvolvimento político e economico, para a democracia e para a igualdade social. 

A comunidade internacional já reconheceu que não há desenvolvimento sem educação e fez desta constatação uma exigência política. A segunda meta do milênio das Nações Unidas determina que todas as pessoas devem ter a possibilidade de obter uma educação básica.

Apos pesquisa efectuada atraves de dados divulgados pelas Nações Unidas, os avanços neste sentido existem, embora sejam lentos e regionalmente distintos. O percentual das crianças que frequentam uma escola obteve uma ligeira subida de apenas 7 pontos percentuais entre 1999 e 2009, atingindo os 92%.  

Recentemente, o ritmo do progresso nesse sentido diminuiu. Em diversas regiões da África e da Ásia, a meta não será alcançada até o ano de 2015. Nas regiões em desenvolvimento, apenas 87% das crianças concluem os primeiros quatro anos do ensino fundamental.

Em muitos países pobres, 40% das crianças deixa a escola antes da quarta série. As crianças do interior e as que vivem em regiões de crise têm menos chances no que diz respeito à educação. E as meninas são desfavorecidas em quase todo o mundo. Ou seja, ainda há muito a ser feito.

No entanto, há aspectos positivos: os gigantes asiáticos, como a Índia e a China, provam que a educação traz claras vantagens economicas. A Coreia do Sul, por exemplo, encontrava-se há 50 anos em um estado pior que o de muitos países africanos hoje. Investimentos em uma educação igualitária entre os gêneros, além de uma boa assistência à saúde e o acesso a métodos anticoncepcionais contribuíram para a redução da taxa de natalidade e para a prosperidade economica do país.

Em Timor, o factor Desenvolvimento tem se vindo a destacar, uma das maiores preocupações deste Governo considerando que ja existem "mudanças" visiveis, são as infraestruturas  educação, a economia, a saúde e a juventude, no entanto   é preciso dar continuidade e abordar com maior profundidade a realidade contrabalançando o ontem, hoje e prever o amanhãHoje, 10 anos depois da restauração da independência, que se celebraram a 20 de maio, existe a necessidade em apostar mais na formação, na educação e na juventude, para diminuir a taxa de desemprego, aumentar a economia por forma  a que a evolução seja mais rapida perspicaz e eficiente, (serve de exemplo a Coreia do Sul).

"Uma das melhores maneiras de fortalecer uma democracia jovem e dinâmica, é por capacitar seus jovens cidadãos dinâmicos. EDUCAÇÃO é um bloco de construção de toda a sociedade.  A EDUCAÇÃO fortalece empregos decentes, oportunidades e esperança para uma nação." disse o Secretario Geral das  Nações Unidas  Ban Ki-moon na sua visita a Timor Leste a 15 de Agosto de 2012, ou seja Apostar na educação leva a uma maior participação e maior motivação para o desenvolvimento mais rico e intelectual do Pais.

Razões  para lutar com determinação pelo acesso fundamental à educação, são:

- Maximização de resultados;

- Construção da Cultura em sólidas bases de uma Educação Continuada;

- Aprender sempre, Melhorar cada vez mais;

- Melhor Evolução Economica.


por Dalia Agostinho
Terça Feira, 21 de Agosto de 2012

Sem comentários:

Enviar um comentário